Nesta quinta-feira (19), um homem negro identificado por João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi espancado e morto por um segurança e um policial militar temporário na porta de uma unidade do supermercado Carrefour, em Porto Alegre.

Em um vídeo que viraliza nas redes sociais, um dos homens segura a vítima e o outro desfere murros. A vítima grita enquanto recebe os socos. Ao fundo, uma pessoa grita: “Vamos chamar a Brigada (Militar)”. Uma mulher, aparentemente uniformizada, observa de perto, segurando um celular.

Segundo o delegado Leandro Bodoia, plantonista da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa, a vítima teria se desentendido com os funcionários enquanto passava as compras no caixa.  Reportagem completa no Portal  CORREIO BRAZILIENSE

Deixe seu Comentário